Assoreamento Represa do Pilão d'Água

 SITUAÇÃO ATUAL:    Exibir mapa ampliado 

Em 1970 foi inaugurada a Represa do Pilão d'Água, que abastece de água a cidade de Itapeva/SP, com população de 92 mil habitantes. Na década de 1980 era possível chegar facilmente até a sede da AABB. situada cerca de 1,0 km rio acima.

Conforme pode ser notado na imagem Google numero 01, até 2008 a superf[ície da represa ainda não apresentava sinais de assoreamento.

Cinco anos depois, em 2013 os sinais já eram preocupantes, com o aparecimento de algumas ilhas no local onde começa a represa, conforme imagem numero 02.

Agora em 2017 a situação já está calamitosa, conforme pode-se notar na Imagem Google numero 03. Nota-se que as ilhas se uniram e a agua sumiu em todos os lotes situados no início da represa. E não é só isso: o que restou da lâmina de agua na região situada no início da represa está tão raso que em muitos lugares não passa de um palmo de profundidde. 

O pior de tudo é que o assoreamento não se restringe apenas aos locais já atingidos. Ele ocorre na área total da represa e em dez anos poderá estar visível em todos os lugares. Pessoas que utilizam jet-sky informam que ao lado da barragem, que deveria ter 06(seis) metros de profundidade o sonar do jet-sky acusa somente 03(três) metros de profundidade. A grosso modo, isso indica que a represa já perdeu mais de 50% (cinquenta por cento) de sua capacidade de armazenamento.

 

                                          1) Imagem de 2008 sem sinais de assoreamento                                  2) Imagem de 2013 com as primeiras ilhas                                                

      pilao 2008                Pilão 2013 

                                                                  

                             3) Imagem de 2015 com união das ilhas                                           4) Imagem de 2017, com ampliaçao da area assoreada         

          Pilão 2015               Pilao recorte 2016    

 

Pilao Previsao