ARESB - Avaré/SP - DEZ/2015

A Associação dos Resineiros do Brasil – ARESB vem se firmando cada vez mais como a principal referencia brasileira em se tratando de resinagem de Pinus.

Isto ficou bem claro na reunião realizada em 03 de dezembro de 2015 na cidade de Avaré/SP, onde foram tratados assuntos de grande interesse para a comunidade resineira.

A ARESB desenvolve projetos que são tratados com rigor estatístico e pesquisam assuntos cruciais para aumentar a produtividade de resina. Entre eles foram comentados dois em especial:

- Eliminação do ácido sulfúrico na pasta ácida: projeto já encerrado, que concluiu ser viável a substituição por outros tipos de ácidos e estimulantes sem diminuir a produtividade de resina. O ácido sulfúrico sempre foi considerado essencial para a resinagem, apesar de sua alta periculosidade e dos muitos problemas que sua utilização acarreta. No futuro o ácido sulfúrico será banido e os resineiros têm que estar preparados para isto.

- Intervalo ótimo entre estrias: inicio de projeto com duração anual onde, através da pesagem diária da produção de resina, será determinado qual o intervalo de dias ideal para atingir a maior produtividade/estria.

Desde a década de 80 acredita-se que as estrias devem ser feitas a cada 15 dias. No entanto, a resinagem evoluiu, muita coisa mudou e será que este intervalo ainda é válido? A intenção é determinar estatisticamente qual o intervalo ótimo para o tipo de resinagem atual e que pode até variar em função de clima, região, espécie, etc.

Para isso, quanto mais participantes melhor para o desenvolvimento do projeto. Se tiver interesse em participar e saber qual o intervalo ótimo para seu empreendimento, entre em contato com a ARESB para receber a devida orientação.

Foi divulgada uma notícia de suma importância para o setor resineiro. Para os próximos meses está previsto o início de atividades da mais nova usina de beneficiamento de goma-resina de Pinus, situada no município de Apiaí/SP e que terá forte impacto no comercio da resina.

A reunião foi conduzida pelo presidente da ARESB, Engº Florestal Osvaldo de Souza Lima e decorreu em ambiente muito agradável , com participação de todos. Ao final foi servido excelente churrasco onde os associados puderam trocar conhecimentos e melhores práticas de resinagem.